segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

A Samsung não passa por um bom momento, basta estar atento a todas as noticias de despedimentos na empresa, baixa de lucros, do fracasso do S5....

Em meados de julho surgiram os primeiros rumores. A chegada ao mercado aconteceu em setembro. Desde então tem sido aclamado pela imprensa como um dos smartphones mais bonitos da atualidade. Mas parece que não há espaço para ele na estratégia da Samsung.


O Galaxy Alpha conseguiu colocar a Samsung novamente nas manchetes da imprensa especializada e nem os anúncios do Galaxy S5 e do Galaxy Note 4 foram tão badalados. Durante semanas falou-se do telemóvel como o equipamento que seria o grande rival do iPhone 6. E apesar de ter sido bem recebido pela crítica, o momento menos positivo que a Samsung atravessa coloca alguma pressão no equipamento.

De acordo com o relato da ET News, o Samsung Galaxy Alpha tem os dias contados e o equipamento só será produzido enquanto houver stock dos componentes. A gigante sul-coreana vai dar mais destaque ao Galaxy A5 que apesar de ser um “primo” do Alpha, acaba por ser mais apelativo em termos de preço.

O Galaxy Alpha tem uma construção mais cuidada e o aro em metal, mesmo sendo um único pormenor, dá uma sensação de equipamento premium que poucos telemóveis da Samsung tinham conseguido até ao seu lançamento – a empresa sempre fez uma aposta no plástico como principal material de construção.





  
   
   
                                     








Samsung Galaxy Alpha


No entanto o preço elevado do Alpha – em Portugal ronda os 700 euros – colocam-no em desvantagem relativamente a outros smartphones topo de gama.

As informações apuradas apontam o mês de fevereiro como aquele em que o Galaxy Alpha vai deixar de ser produzido.

O ciclo de vida do smartphone inferior a um ano é causado pela quebra nas vendas de equipamentos que a Samsung tem sentido – até o topo de gama da tecnológica, o Galaxy S5, vendeu muito menos do que o esperado

Mais...


Teve vários elogios por seu design, o Galaxy Alpha da Samsung pecava em alguns requisitos. Entre eles está a curta duração de sua bateria e o fato de o preço adotado pela fabricante não ser exatamente atrativo quando se leva em consideração as outras opções do mercado que possuem especificações de hardware semelhantes.
Apesar desses problemas, havia a expectativa de que a companhia fosse continuar a investir nessa linha — algo que não deve acontecer. Segundo informações obtidas pelo site ET News, a empresa decidiu encerrar em breve a produção do produto, que vai ser substituído pelo Galaxy A5, voltado a consumidores que procuram aparelhos com características intermediárias.
A decisão é fruto dos esforços da pessoa de reorganizar sua divisão de smartphones, que apresentou resultados abaixo do esperado em 2014. Embora mantenha o acabamento em metal do Galaxy Alpha, o Galaxy A5 apresenta especificações mais modestas que permitem a ele tem um preço mais competitivo — no mercado chinês, o gadget pode ser encontrado por um preço equivalente a US$ 360.
A expectativa é a de que o Galaxy A5 seja lançado no mercado sul-coreano em janeiro ou fevereiro de 2015. Já o smartphone que ele está destinado a substituir deve continuar a ser produzido até o momento em que os estoques de material já adquiridos pela Samsung seja esgotado.

Mais noticias sobre a crise da Samsung....

Samsung encerra uma das suas maiores lojas na Europa


A Samsung encerrou uma das suas maiores lojas europeias, uma flagship no Reino Unido criada para mostrar e demonstrar os produtos e tecnologias da marca.


No Reino Unido a empresa conta com 10 lojas do género, espaços de grandes dimensões, que normalmente têm prioridade na disponibilização dos produtos mais emblemáticos da marca. A loja que encerra é a Samsung Experience Store de Westfield Stratford City, um dos maiores centros comerciais de Londres, onde trabalham 58 pessoas.

A Samsung garante que não tem planos para encerrar nenhuma das restantes lojas no Reino Unido, mas a decisão não deixa de ser encarada como um sinal de ajustes na estratégia da gigante sul-coreana, que no terceiro trimestre do ano acumulou perdas de 74%.

As vendas do último smartphone de topo da Samsung, o Galaxy S5, têm sido apontadas como uma das desilusões do ano, com resultados muito abaixo do conseguido pela marca em versões anteriores do equipamento.

Noutras áreas o ano também correu menos bem à Samsung e os resultados têm sido visíveis com alterações ao posicionamento da marca em diferentes áreas. Na Europa, outro sinal dessa mudança foi o fim do fabrico de computadores.

A Samsung continua, ainda assim, a ser líder mundial no mercado de smartphones e a ocupar também um lugar de destaque na área dos PCs. Nos smartphones, o último trimestre também revelou uma perda de terreno, que se deve sobretudo à ascensão de novos fabricantes chineses.

{ 1 comentários... read them below or add one }

  1. nice blog

    National Mobile Number Portability is now available on videocon.Now no matter which city you move to,there's one thing that needn't change your number! So when you move, move with videocon.

    ResponderEliminar

- Copyright © TECHonLLINE, noticias de tecnologia!no mundo online... - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -